Victoria Medicina

Mensagem:

(27) 3027-0100

Ligue:

(27) 3027-0100

Em novembro Victoria Medicina e Diagnóstico muda de rosa para o azul e o alerta continua. O papo é agora é com os homens sobre o Câncer de Próstata.

Homem

Também

Se cuida!

Prevenção e Diagnóstico Precoce muda o jogo

No Brasil, o câncer de próstata ocupa a segunda posição entre os tipos mais comuns nessa população, ficando atrás apenas dos tumores de pele não melanoma. Ele é, atualmente, a segunda principal causa de morte por câncer em homens. Para o período de 2023 a 2025, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima cerca de 71,7 mil novos casos anuais. À medida que nos aproximamos do Novembro Azul, o mês mundial de combate ao câncer de próstata, o Ministério da Saúde enfatiza a importância do diagnóstico precoce, que pode resultar em melhores resultados no tratamento.

Nesse contexto, é crucial que os homens mantenham um acompanhamento médico regular ao longo da vida para a prevenção. Aqueles que apresentam sintomas suspeitos, como dificuldade ao urinar, diminuição do jato de urina, aumento da frequência urinária diurna ou noturna e presença de sangue na urina, devem procurar uma unidade de saúde. O diagnóstico do câncer de próstata envolve o exame de toque retal e o Antígeno Prostático Específico (PSA). Se houver alterações nos resultados anteriores, uma biópsia pode ser recomendada para confirmar a presença da doença.

Entre os principais fatores de risco para o câncer de próstata estão a idade (incidência e mortalidade aumentam significativamente após os 60 anos), o histórico familiar (pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos) e a alimentação (sobrepeso e obesidade). A Organização Mundial de Saúde (OMS) destaca ações e mudanças de hábitos que ajudam a reduzir os fatores de risco, como controle do tabaco, prevenção ao uso do álcool, prática de atividade física, alimentação saudável, combate ao sedentarismo e à obesidade, dentre outros.

O câncer de próstata em estágio inicial geralmente não provoca sintomas, enquanto em estágio avançado pode causar alguns. Fique atento!

A prevenção é sempre o melhor caminho!

Fazer exames periodicamente é a melhor maneira de identificar o câncer de próstata em estágio inicial, uma vez que não há prevenção contra a doença. A detecção precoce do câncer de próstata tem 90% de chances de cura. Sociedades médicas recomendam que homens a partir dos 50 anos de idade façam o exame de próstata anualmente e, acima dos 45, caso esteja inserido nos fatores de risco.
O ritual compreende o toque retal e o exame de sangue, para checar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico). Havendo alguma suspeita, o paciente deve se submeter à biópsia da próstata.

O toque retal é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro exame, como o ultrassom. Somente com o resultado dessa análise do tecido é que poderá ser fornecido o diagnóstico. Para prevenir o câncer de próstata, a consulta médica e exames periódicos são essenciais.