Uso de Opióides na Dor. | Victoria Medicina

Dicas de saúde

Uso de Opióides na Dor.

vamos achar o equilíbrio?

Quando falamos em tratamento da Dor, uma das medicações que sempre vêm à cabeça são os opióides. Como principais representantes destas medicações, temos o tramadol, a codeína, a morfina, a metadona, a buprenorfina. Esta classe de medicações sofreu durante muito tempo um preconceito por parte dos próprios profissionais. Porém, esta aversão aos opióides deu lugar ao seu uso excessivo.  Os Estados Unidos estão enfrentando uma epidemia no seu uso indiscriminado, o que tem gerado um aumento nos óbitos. Em média, 142 americanos morrem por dia em decorrência desta classe de medicação.

Este tema tem ganhado as manchetes em revistas e jornais. Trata-se de um tema de utilidade pública e deve ser trazido à tona para discussão. Porém, devemos ter em

Mente que se trata de uma classe de medicação extremamente útil e, quando utilizada adequadamente, segura.

Outro ponto a ser considerado é que a nossa realidade atual encontra-se bem distante da vivida pelos Estados Unidos. Enquanto nos Estados Unidos o consumo percapita de equivalente de morfina ultrapassa 600 mg, no Brazil, este mesmo consumo fica abaixo de 12 mg. Portanto, crucificar esta classe de medicações pode ser um ato imprudente, privando de um tratamento adequado milhares de pacientes.

O segredo é utilizar o arsenal terapêutico de maneira criteriosa, sempre individualizando para cada paciente, tentando sempre

Buscar o equilíbrio, ou seja, tratamento medicamentoso aliado as terapias físicas e intervenções (bloqueios, rizotomias, etc) .

Como diziam nossos avós, nem o céu e nem o inferno ...nem Oito, nem oitenta....

vamos achar o equilíbrio?

 

Acesse nosso site e saiba mais:
www.victoriamedicina.com.br

Gostou, compartilhe!

Dr. Ramon D’Angelo Dias
Neurologia / Anestesiologia / medicina intervencionista da dor
CRM - 13252

Victoria Medicina e Diagnóstico.
27 3061-4791

 


Outras dicas